comment 0

Recuperarmos a memória, luitar polo futuro

Nestes tempos de crise, nos que a esquerda está desnortada e nom sabe mui bem cara onde quer ir, olhar atrás pode ser útil. Nom por nostalgia, senom para aprender dos erros, e também dos acertos. Houve um momento no que o nacionalismo foi quem de prensentar um projecto rompedor e atinado para solucionar os problemas que havia na altura. Forom as Bases Constitucionais, que pretendiam criar umha nova estrutura para o Estado Espanhol após a morte de Franco.

Nom forom aplicadas por muitas raçons, internas e externas ao próprio nacionalismo, mas servem de exemplo de como um movimento sem cargos públicos podo gerar propostas e actuar em consequência. Agora, com deputados, concelheiros e aparato político, o nacionalismo contenta-se com presentar emendas a um sistema que nom serve.

Nom estou a falar de recuperar o projecto das Bases. Nom. As Bases forom desenhadas para um momento determinado difícil de repetir. Falo de ir além do que temos hoje e gerar novamente projectos rompedores que permitam transformar a realidade do país e que nom tenham como principal cenário as instituiçons do actual marco político. No Parlamentinho e nos concelhos há que estar, mas há que estar para algo e com um objectivo mais que volver a pisar Sam Caetano. Um nacionalismo sem deputados parou a central nuclear de Xove, na Marinha, ou acompanhou na sua luita aos labregos e labregas das Encrobas contra Unión Fenosa.

E agora, com grupo parlamentar, nom podemos evitar a destruçom do território, reclamar mais e melhor emprego ou reivindicar o nosso lugar no mundo? Se o nacionalismo nom o fai, nenhum vai intenta-lo no seu lugar, porque para gerir o presente, sobram voluntários. E a política, como di a histórica marxista chilena Marta Harnecker “es el arte de hacer posible lo imposible”.

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair / Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair / Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair / Cambiar )

Google+ photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google+. Sair / Cambiar )

Conectando a %s